domingo, 30 de outubro de 2016

Mandarim: aplicativo HelloChinese

      Pela distância linguística entre o português e o mandarim, alguém que está acostumado a estudar apenas línguas indo-europeias, como espanhol, alemão, inglês, pode sentir uma dificuldade um pouco “maior que o normal” ao tentar aprender mandarim. É o que acontece comigo já há alguns anos. Apesar de ter facilidade com os sons da língua e não ver como um problema o fato de ser tonal, tenho uma dificuldade absurda para decorar os caracteres. 
Pois bem, um aplicativo de celular que está me ajudando muito nesse sentido (decorar a escrita e o vocabulário) é o HelloChinese, que começa abordando a pronúncia e, após 45 lições, aborda os estados de ânimo, totalizando 46 lições e 5 revisões. No meu caso, serve para revisar o que já estudei um dia e aprender algumas coisas novas, mas, como o aplicativo é para iniciantes, serve para qualquer um. Cada pessoa tem suas particularidades ao estudar e aprender, então nem sempre o que funciona com um funcionará com outro. Apesar de ser bom, o aplicativo NÃO substitui livros e o contato com a cultura, e NÃO é nenhuma fórmula mágica do tipo “aprenda em 3 meses” – o tipo de propaganda que me soa mentirosa, e não apenas para o mandarim.
Alguns alunos já me perguntaram sobre aplicativos para estudar espanhol e eu, sinceramente, não conheço nenhum, mas, se a pessoa acha que é um bom apoio aos estudos, quer dizer que para ela vale a pena. No caso do mandarim, o aplicativo, além de me ajudar com a parte que mais tenho dificuldade no idioma, é uma maneira de poder revisar o que já estudei e estudar a qualquer hora do dia. Recomento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário