Mulheres na Linguística

Quando estudamos Letras, escutamos os nomes de muitos linguistas importantes, que em alguns casos são mulheres. Por sorte, nessa área eu nunca senti discriminação contra a mulher, sendo que, inclusive, esses dias contei o número de professoras e de professores na minha faculdade e elas são a maioria, representando pouco mais de 60%. De toda forma, foi uma grande e boa surpresa descobrir a página Mulheres na Linguística no Facebook. Ainda não há tantas postagens, mas vale a pena seguir e descobrir pesquisadoras que ainda não conhecíamos.

Comentários

Postagens mais visitadas