segunda-feira, 13 de março de 2017

Plágio

Quando estamos na escola, até o Ensino Médio, somos acostumados a realizar trabalhos sem seguir alguns critérios que devem ser considerados no ensino superior - e na vida.

Se formos relembrar nossas atividades realizadas até os 17 anos, vamos perceber o quão permeadas de casos de plágio estão, e nem nós dávamos conta. Muitas vezes, a falta de instrução permanece mesmo após o aluno ingressar a universidade, e a orientação que recebe não é o suficiente para evitar alguns problemas futuros, como a perda de títulos ou mesmo prisão, como o caso relatado pela Conjur¹: Engenheiro é condenado à prisão por plagiar apostilas. Em outros, há a dúvida (ou mesmo a certeza) sobre a intenção do autor ao cometer o ato.

Alguns casos que ocorreram nos últimos anos foram o da aluna de mestrado da Educação Física da UFMG², que teve seu título cassado, o de Scarleth Ohara³, da Faculdade de Letras da mesma universidade e, pasmem, o ministro Alexandre de Moraes4, acusado de plágio, como podemos ver nas matérias Obra de Alexandre de Moraes tem trechos copiados de livro espanhol, da Folha de São Paulo, Indicado para o STF, Moraes é acusado de plágio, da Revista Época Negócios (Globo), e Moraes pode perder títulos acadêmicos por plágio, da Brasil 247.

O quanto o plágio é antiético acredito que não seja necessário discutir, mas como se precaver para não incorrer no erro, que não ocorre apenas quando alguém copia ao pé-da-letra o que já foi dito por outrem, mas também quando parafraseia sem dar o devido crédito ou quando dá os créditos ao final mas não cita a fonte no corpo do texto é algo que todos devemos almejar.


A seguir, listo alguns textos que podem ajudar no momento de produzir um trabalho:

1. Instruções sobre plágio disponíveis no site da engenharia de produção da UFRGS: 
http://www.producao.ufrgs.br/arquivos/arquivos/PLAGIO_EsclarecimentoSobre.pdf

2. O texto Plágio e direito do autor no universo acadêmico, disponível pela PUC Rio: 
http://www.puc-rio.br/sobrepuc/admin/vrac/plagio.html

3. A Cartilha sobre plágio acadêmico, da UFF: 
http://www.noticias.uff.br/noticias/2010/11/cartilha-sobre-plagio-academico.php


¹ Conjur, Engenheiro é condenado à prisão por plagiar apostilas. Acesso em 13 de Março de 2017. Disponível em <http://www.conjur.com.br/2011-mar-24/engenheiro-condenado-plagiar-apostilas-ex-empregadora>.
² UFMG, UFMG cassa título de mestre de ex-aluna da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional após comprovar plágio em dissertação. Acesso em 13 de Março de 2017. Disponível em <https://www.ufmg.br/online/arquivos/045398.shtml>.
³ UFMG, UFMG comprova plágio e cassa título de doutora de ex-estudante da Faculdade de Letras. Acesso em 13 de Março de 2017. Disponível em <https://www.ufmg.br/online/arquivos/040650.shtml>.
4 Folha de São Paulo, Obra de Alexandre de Moraes tem trechos copiados de livro espanhol. Acesso em 13 de Março de 2017. Disponível em <http://www1.folha.uol.com.br/poder/2017/02/1857103-obra-de-alexandre-de-moraes-tem-trechos-copiados-de-livro-espanhol.shtml>.
  Revista Época Negócios, Indicado para o STF, Moraes é acusado de plágio. Acesso em 13 de Março de 2017. Disponível em <http://epocanegocios.globo.com/Brasil/noticia/2017/02/indicado-para-o-stf-moraes-e-acusado-de-plagio.html>.
  Brasil 247, Moraes pode perder títulos acadêmicos por plágio. Acesso em 13 de Março de 2017. Disponível em <http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/280369/Moraes-pode-perder-t%C3%ADtulos-acad%C3%AAmicos-por-pl%C3%A1gio.htm>.



*Atividade realizada para a disciplina Recursos tecnológicos aplicados ao ensino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário